Releituras da obra “A Grande Odalisca”, de Jean-Auguste Dominique Ingres | Pinturas do neoclassicismo

Releituras do quadro “A Grande Odalisca”, de Jean-Auguste Dominique Ingres

Releituras da obra “A Grande Odalisca”, de Ingres, realizadas pelos artistas Pablo Picasso, João Câmara, Michael Thompson e Oliviero Toscani.

“A Grande Odalisca”, de Jean-Auguste Dominique Ingres

“A Grande Odalisca”, de Jean-Auguste Dominique Ingres

Muitas foram as releituras da obra “A Grande Odalisca”, de Jean-Auguste Dominique Ingres.

Em 1907, Pablo Picasso pintou uma obra chamada “Depois de Ingres”.

Depois de Ingres, 1907

Depois de Ingres, 1907

Em 1999, João Câmara realiza uma releitura de um quadro de Almeida Júnior, “Amolação Interrompida”, e insere de forma bastante curiosa o quadro de Ingres. Almeida Júnior é famoso por substituir os temas grandiosos das pinturas por cenas do cotidiano regionalista brasileiro, com personagens simples e anônimos. No centenário de nascimento de Almeida Júnior, a Pinacoteca do Estado de São Paulo convida João Câmara, além de outros artistas, para revisitar o trabalho do artista. Na obra de João Câmara, intitulada “O Amolador”, a machadinha ataca a odalisca de Ingres, simbolizando o rompimento com o modelo acadêmico europeu de pintura.

Na primeira imagem, "Amolação Interrompida", de Almeida Júnior. Na segunda, a releitura, de João Câmara, "O Amolador"

Na primeira imagem, “Amolação Interrompida”, de Almeida Júnior. Na segunda, a releitura, de João Câmara, “O Amolador”

O fotografo Michael Thompson fotografou no ano 2000 a atriz Juliane Moore para a revista americana Vanity Fair, inspirando-se na obra de Ingres. A ideia foi modernizar a odalisca, e traduzir o conceito da revista, famosa pelos retratos glamourosos que publica. O cabelo cor de fogo da atriz, sua marca registrada, foi exposto sem o turbante. Nem todos os elementos do quadro são preservados, mas a pose, languida e sensual, é a mesma.

Juliane Moore, fotografada por Michael Thompson

Juliane Moore, fotografada por Michael Thompson

Esta pose, afinal, é tudo o que resta na releitura do polêmico fotografo Oliviero Toscani. Em campanha contra a anorexia, em 2007, ele fotografa a modelo Isabelle Caro nua, na pose da odalisca de Ingres. Para o fotógrafo, não é a imagem que choca, mas a realidade. Isabelle faleceu aos 27 anos, pesando 31 kg para os seus 1,65cm de altura. No auge da doença, chegou a pesar 25kg.

Isabelle Caro fotografada por OlivieroToscani

Isabelle Caro fotografada por OlivieroToscani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Close
Facebook login by WP-FB-AutoConnect